sábado, 3 de agosto de 2013

Na Serra, Guaramiranga tem o maior IDH, diz estudo da ONU; Mulungu tem o menor índice e Aratuba é o que mais cresce.

Semana passada foi divulgada os dados elaborados pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento referente ao ano de 2010.
A Região Serrana não apresenta nenhum Município com IDH elevado ou com IDH baixo, estando todos com o IDH médio.
Veja como fica a lista dos Municípios propriamente serranos da Serra de Baturité, por Índice de Desenvolvimento Humano, separados por IDH elevado (> 0,800), IDH médio (0,799 < 0,500) e IDH baixo (< 0,499).
Os municípios que mais se aproximam de um IDH elevado são Guaramiranga (0,637) e Pacoti (0,636). De 1991 a 2010, o município de Aratuba foi a que mais cresceu.

Ranking Município Índice Observação
01 Guaramiranga 0,637 Entre 1991 e 2010 - Guaramiranga teve um incremento no seu IDHM de 95,40% nas últimas duas décadas, acima da média de crescimento nacional (47,46%) e acima da média de crescimento estadual (68,40%). O hiato de desenvolvimento humano, ou seja, a distância entre o IDHM do município e o limite máximo do índice, que é 1, foi reduzido em 46,14% entre 1991 e 2010.
02 Pacoti 0,635 Entre 1991 e 2010 - Pacoti teve um incremento no seu IDHM de 84,06% nas últimas duas décadas, acima da média de crescimento nacional (47,46%) e acima da média de crescimento estadual (68,40%). O hiato de desenvolvimento humano, ou seja, a distância entre o IDHM do município e o limite máximo do índice, que é 1, foi reduzido em 44,27% entre 1991 e 2010.
03 Aratuba 0,622 Entre 1991 e 2010 - Aratuba teve um incremento no seu IDHM de 115,97% nas últimas duas décadas, acima da média de crescimento nacional (47,46%) e acima da média de crescimento estadual (68,40%). O hiato de desenvolvimento humano, ou seja, a distância entre o IDHM do município e o limite máximo do índice, que é 1, foi reduzido em 46,91% entre 1991 e 2010.
04 Palmácia 0,622 Entre 1991 e 2010 - Palmácia teve um incremento no seu IDHM de 76,70% nas últimas duas décadas, acima da média de crescimento nacional (47,46%) e acima da média de crescimento estadual (68,40%). O hiato de desenvolvimento humano, ou seja, a distância entre o IDHM do município e o limite máximo do índice, que é 1, foi reduzido em 41,67% entre 1991 e 2010.
05 Mulungu 0,607 Entre 1991 e 2010 - Mulungu teve um incremento no seu IDHM de 77,49% nas últimas duas décadas, acima da média de crescimento nacional (47,46%) e acima da média de crescimento estadual (68,40%). O hiato de desenvolvimento humano, ou seja, a distância entre o IDHM do município e o limite máximo do índice, que é 1, foi reduzido em 40,27% entre 1991 e 2010.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

JAZZ & BLUES 2013 QUASE TUDO PRONTO

JAZZ BLUES GUARAMIRANGA 2013
Uma equipe da Prefeitura Municipal de Guaramiranga composta por Michel Campos, Fiscal de Obras, Dráulio Holanda, Secretário de Infraestrutura, Lucivan Albuquerque, Secretário de Administração e Dr. Marcelio Farias, Procurador Geral, visitaram hoje as principais instalações do evento Jazz & Blues de Guaramiranga.
No palco montado foram recebidos por Nefertith, produtora  da "Via  de Comunicação",  que explicou todo o carinho e cuidados que estão mantendo para que tudo ocorra nos planejados. Na USI foram recebidos pelo Major PM Ferreira que explicou que dispõem para o evento de 25 efetivos, afora o policiamento rodoviário, no Corpo de Bombeiro, o Tenente Andrade dispõe de 10 efetivos.
No Hospital foram recebidos por Luciana Bekman, que explicou que por todo o evento estará a disposição uma viatura da equipe do SAMU e no Hospital terá duas ambulância de plantão com motoristas  e reserva de sobreaviso, além de médico plantonista e 4 auxiliares de enfermagem todos os dias, também será montada e mantida nos dias de carnaval uma barraca de Secretaria Municipal de Saúde, para entrega de panfletos educativos sobre DST, Aids e entrega de preservativos, obtenção de pressão arterial e glicemia capilar.
A equipe da PMG ainda visitou o Conselho Tutelar e a própria Secretaria de Infraestrutura para vê como estão sendo mantidos as equipes de controle de trânsito e de coleta de lixo.

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

GUARAMIRANGA EM RITMO DE JAZZ&BLUES 2013


GUARAMIRANGA EM RITMO DE JAZZ&BLUES 2013
GUARAMIRANGA EM RITMO DE JAZZ&BLUES 2013

NOS PALCOS DO FESTIVAL
GUARAMIRANGA EM RITMO DE JAZZ&BLUES 2013
O trombonista e compositor lançou novo trabalho aos 79 anos. Foto: Divulgação.

RAUL DE SOUZA: O NÚMERO 1!
Esse cara não é pouca coisa não...! É somente o N° 1 do mundo no seu instrumento, segundo a New York City Jazz Magazine. É também considerado um dos melhores trombonistas de jazz do mundo, pela revista Down Beat. Esse cara... é o lendário Raul de Souza, que para felicidade nossa se apresenta nesta edição do Festival em Guaramiranga.
Trombonista renomado entre os Ícones do jazz internacional e da música brasileira, Raul de Souza vem ao Festival com Michel Freidenson (teclados), Mário Conde (guitarra, cavaquinho), Glauco Sölter (baixo) e Serginho Machado (bateria), para apresentar o repertório do DVD "O Universo Musical de Raul de Souza" e do CD de inéditas "Voilá", lançados conjuntamente em outubro de 2012.
Carioca, atualmente vivendo entre a França e o Brasil, Raul de Souza consolidou sua carreira nos Estados Unidos, onde morou de 1970 a 1986. Nos Estados Unidos, lançou em 1974 o álbum "Colors", que foi o primeiro de uma série de sucessos no país. Já tocou ao lado de Sérgio Mendes, Flora Purim, Milton Nascimento, Sonny Rollins, Freddie Hubbard, George Duke, Chick Corea, Jimmy Smith, entre tantos outros ícones da música.
Aos 79 anos, lançou o DVD "O Universo Musical de Raul de Souza", gravado em 2011. Este trabalho reflete bem o gosto musical de Raul com "Ela é carioca" (Tom Jobim), "A flor e o espinho" (Nelson Cavaquinho), os clássicos "Vou Vivendo" e "Urubu Rei" e oito temas originais, que mostram o seu lado de compositor, às vezes injustamente ofuscado por seu brilho como instrumentista. Entre eles, "À vontade mesmo", faixa-título do seu álbum de estreia, de 1965. Com Raul de Souza, a música é assim, "à vontade mesmo": uma coisa séria e um prazer, que ele sempre soube compartilhar com seu público imenso e fiel.
Além de compositor e instrumentista, Raul de Souza é inventor. Ele criou um tipo original de trombone, patenteado, o Souzabone, descrito como "um trombone em dó de quatro pistos, com dois gatilhos de correção de afinação e um registro para mudança de tessitura para notas mais graves; tem ainda um captador eletrônico e pedais que permitem vários efeitos como wahwah, delay, chorus e oitavador". Ele é ou não é "O CARA"?

GUARAMIRANGA EM RITMO DE JAZZ&BLUES 2013
Marcos Lessa faz um Tributo a Wilson Simonal. Foto: Lúcia Moura

NO SUÍNGUE DO SIMONAL
Sabe aquele suíngue do Wilson Simonal, bem na linha do "Nem vem que não tem"? Pois esse vai ser o astral do show que o cantor cearense Marcos Lessa promete fazer numa das noites do Festival na serra.
Antes de falar do show, vamos à apresentação: Marcos Lessa vem se destacando na cena musical cearense nos últimos dois anos. Já trabalhou com o multiinstrumentista Manassés de Souza e abriu shows de artistas como Chico César, Zeca Baleiro e Daniela Mercury. Em 2012 foi o vencedor do prêmio de Melhor Interprete por aclamação popular no I Festival de Música da Assembleia Legislativa do Ceará. Na bagagem, tem dois CDs gravados, "Olhares da Vida" (2007) e "Luz da Vida" (2010) em parceria com Clarissa Araripe e Ricardo Alcântara, respectivamente.
No "Tributo a Wilson Simonal" Marcos Lessa viaja no universo do primeiro popstar negro brasileiro, que nos anos 60 lançou moda e encantou plateias com seu talento e carisma. Enfim, foi um baita sucesso, até ser expulso do showbiz por conta de denúncias, nunca comprovadas, de colaborar com a ditadura militar.
Em 2010, dez anos depois de sua morte, Wilson Simonal teve sua obra resgatada na mídia, com lançamentos de biografias, documentários, especias de televisão, relançamentos de coletâneas, além das bem sucedidas carreiras musicais de seus filhos, Wilson Simoninha e Max de Castro, que serviram como oportunidade para que a imprensa voltasse a falar do rei do suíngue e primeiro soulman brasileiro.
É nessa ginga que o cearense Marcos Lessa embala seu tributo ao artista, intitulado "Show em Simonal", título que faz referência ao programa da TV Record que o cantor comandava na década de 60. No palco, será acompanhado por Eduardo Holanda (violão) e Tito Freitas (piano), que assinam a direção musical, Márcio Resende (sax), Miquéias dos Santos (baixo) e Adriano Azevedo (bateria).

GUARAMIRANGA EM RITMO DE JAZZ&BLUES 2013
A cantora foi um dos destaques no The Voice Brasil. Foto: Wanessa Malta

MAIS 3 ATRAÇÕES CONFIRMADAS!
Nayra Costa, Márcio Resende e a parceria inédita Dudu Falcão e Adelson Viana são as três novas atrações confirmadas para esta edição do Festival Jazz & Blues. Para não ter só foto de homens nessa edição do Infojazz, vamos falar aqui da Nayra Costa. Nos próximos números a gente fala sobre os outros. Concordam?
No final de 2012 Nayra Costa começou a ganhar projeção nacional, com o destaque alcançado por sua participação no programa The Voice Brasil, da Rede Globo. Intérprete consagrada no cenário cearense, com mais de 1.000 apresentações apenas na cidade de Fortaleza, a cantora é reconhecida por sua extraordinária potência vocal à frente das bandas Marajazz, Matutaia e SuperSoul, onde entoa clássicos do blues, soul, jazz, R&B, na Banda Le Disco, onde mostra seu lado mais dançante, e da banda eletrônica The Dancer, onde expõe seu trabalho autoral que já conta com bem sucedidas turnês pelo Sudeste brasileiro.
Alguns pontos de sua carreira merecem destaque: Em 2008 foi eleita a melhor cantora do ano no programa de televisão "Sábado Alegre", do veterano apresentador Will Nogueira, competindo com colegas que cantam gêneros muito mais populares no Nordeste, como o forró e o axé. Em 2010 abriu show de João Bosco no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Em 2011 mudou-se para São Paulo e participou do novo álbum do cantor Daniel Peixoto, na faixa titulo de seu EP "SHINE", lançado na Europa pelo selo Abtjour Records. Em agosto foi convidada para cantar no Hotel Sheraton em Doha no Qatar onde passou uma temporada de cinco meses. De volta a Fortaleza, está agora em fase de produção do seu novo álbum com o projeto The Dancer.
No Festival Jazz & Blues, a cantora faz um Tributo às Divas do Jazz, revivendo sucessos imortalizados nas vozes de Etta James, Ella Fitzgerald, Billie Holiday, Nina Simone e Sara Vaughan. A cantora será acompanhada por Mimi Rocha (guitarra), Cláudio Mendes (guitarra), Denilson Lopes (bateria) e Luís Miguel (baixo).

Curtas
INGRESSOS À VENDA

Quer garantir seu lugar na Cidade Jazz & Blues para conferir os shows das 21h30 em Guaramiranga? Pois corra que os ingressos já estão à venda! Os preços: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia).
Os pontos de venda em Fortaleza são as lojas Meia Sola dos shoppings Bambuy ( Av. Des. Moreira, 755 - Tel: 85-3433.7600), Iguatemi (Av. Washington Soares, 85 - Tel: 85-3452.3400), Aldeota (Av. Dom Luís, 500 - Tel: 85-3433.7622) e Varanda Mall (Av. Dom Luís, 1010 - Tel: 85-3224 2721). Os ingressos também estão à venda no site www.bilheteriavirtual.com.

Confira a programação das 21h30 na Serra:
DIA 09/02 (SÁBADO)

Scott Feiner & Pandeiro Jazz (EUA/RJ)
Raul de Souza (RJ)
DIA 10/02 (DOMINGO)
Waldonys (CE) & Misael da Hora (RJ) - "Baião Instrumental - Homenagem a Luiz Gonzaga"
Marcos Lessa (CE) - Tributo a Wilson Simonal
DIA 11/02 (SEGUNDA)
"Blues N Soul Sessions" - Igor Prado Band (SP) & JJ Jackson e Tia Carroll (USA)
DIA 12/02 (TERÇA)
Dudu Falcão (PE) e Adelson Viana (CE)
Rosa Passos (BA)





domingo, 13 de janeiro de 2013

GUARAMIRANGA - Artesanato abre espaço ao bambu

Arrezanato bambu Guaramiranga
Nos países do Oriente, como a China e o Japão, o seu uso tem história milenar. No Brasil, a aplicação em artigos de decoração e paisagismo já acontece há algum tempo.
No Ceará, a descoberta da planta para utilização no artesanato e indústria também não é recente, mas há quem esteja avançando nas possibilidades que se apresentam, não apenas para a elaboração de móveis, artigos de decoração como até meios de transportes.
Uma bicicleta quase toda feita de bambu é uma nova experiência que vem sendo tentada pelo empreendedor Frederico Caminha. No sítio Canabrava, em Guaramiranga, a 110 quilômetros de Fortaleza, ele instalou uma oficina que tanto vem elaborando produtos com um primor artesanal, quantos outros que despontam para o processo industrial. Pelo menos é a sua vontade, que chega a um alto patamar de entusiasmo quando afirma ser essa planta aquela que dará a madeira do futuro dentro de uma economia ecologicamente sustentável.
Fred explica que o cultivo tanto é de fácil manejo quanto se obtém uma produção de curto prazo. Enquanto árvores levam cerca de 30 anos para que produzam madeiras, o bambu tem idade própria para corte a partir dos três anos. "Trata-se de um vegetal sustentável e renovável", diz. Quando é feito o corte, naturalmente há uma reposição. Os espécimes crescem de rebentos que saem de talos debaixo da terra chamados rizomas, também conhecidos por "filhos", a exemplo das bananeiras.

Empolgação
Caminha sempre fala com empolgação, principalmente, pelo multiuso. Formado em Direito, ainda exerce a profissão de advogado, mas diz dedicar todos os fins de semana a sua oficina em Guaramiranga. Lá, consegue criar artigos que ganham graça e valor estético. Para tanto, o advogado se associou ao artesão e autodidata Eudes Bastos, com uma reputação já conhecida nacionalmente. Coube a ele a decoração de interiores de um hotel no arquipélago de Fernando de Noronha, trabalho que consumiu cerca de 90 dias de trabalho.
Em Guaramiranga, Caminha e Bastos vão moldando as varas e os talos em desenhos harmoniosos, suaves e, sobretudo, elegantes. A dobradinha passou a ser requisitada para decoração de interiores de apartamentos de luxo na Aldeota. Assim produzem conjuntos estofados, mesas de centro, luminárias, tendas para meditação e a nova atividade, que é a bicicleta, inspirada em modelos já existentes no Oriente. Aliás, essa novo item deverá se submeter a um teste de resistência no meio acadêmico, mas os criadores dizem que demorará muito pouco para se tornar um sucesso popular.

Comercialização
"O material é leve e consegue suprir até 80% dos segmentos de uma bicicleta, como o guidom, quadro e os garfos traseiro e dianteiro. A locomoção não difere do transporte convencional, dando a opção de se instalar ou não o jogo de marchas.
As primeiras experiências de comercialização começaram com a venda de mudas, dentre as mais de mil espécies existentes em todo mundo. As preferidas são as utilizadas para paisagismo. Aliás, uma das mais belas paisagens está localizada na entrada do aeroporto internacional Luis Eduardo Magalhães, no bairro de Mata Escura, em Salvador, onde uma floresta de bambuzais contorna a via de acesso. "No nosso sítio, cultivamos diferentes espécies. Desde os mini-bambus até aqueles que possui 30 centímetros de espessura e que são utilizadas na produção de luminárias", diz o advogado e artesão. Ele acredita que a consolidação dos projetos irá ampliar os postos de trabalho no entorno do Canabrava.

Mais informações:Sítio Canabrava
4 Km de Guaramiranga, no limite com Pernambuquinho
Maciço do Baturité
Telefone: (85) 3267.1298
MARCUS PEIXOTO
Regional - 13.01.2013
DN

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

GUARACINE VAI ATÉ O SÁBADO

GUARACINE 2013
Guaramiranga Conhecida por seus atrativos naturais e festivais especiais, esta cidade, considerada a mais bela do Maciço de Baturité, realiza até o próximo sábado, o seu primeiro festival de cinema, o Guaracine. O evento é promovido pelo Instituto Bambu, uma Organização Não Governamental, em parceria com a Prefeitura de Guaramiranga e apoio do Governo do Estado. Tem como objetivo contribuir para a discussão sobre o meio ambiente, respeito às diferenças, inclusão, sustentabilidade e outros conceitos e ações vitais para se pensar o presente e o futuro da humanidade através da sétima arte.
Ao mesmo tempo, o festival pretende atrair turistas para a programação cultural. Além das exibições cinematográficas, estão programadas apresentações musicais, de blues e jazz.
O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) do Maciço, com sede em Baturité, Aceles Ribeiro, vê com bons olhos a chegada de mais um festival na região. Na sua avaliação, os eventos culturais aquecem o comércio de serviços na região, principalmente onde é realizado, e cidades vizinhas, como Baturité e Pacoti. "Músicas, chocolates, vinhos, e agora cinema, opções assim incrementam os setores de hotelaria e gastronomia em pelo menos 30%", afirma ele.
Como as três cidades estão muito próximas e o clima está agradável nesta época do ano, será mais um fim de semana movimentado e lucrativo. "Guaramiranga se destaca por sua beleza e a preservação de sua mata nativa", acrescentou o líder classista. Uma das coordenadoras do Guaracine, Geisa Holanda, concorda com o presidente da CDL. Segundo ela, a proposta do Festival de Cinema, tem o duplo propósito de desenvolvimento econômico com responsabilidade e equilíbrio ambiental.
"Na linguagem poética, é unir o útil ao agradável", ressalta. Auxiliar no incremento econômico e, ao mesmo tempo, conscientizar moradores e visitantes sobre a importância da preservação ambiental, entretanto, é o principal foco. Antes, esse modelo de festival foi realizado na cidade vizinha, Pacoti, a cerca de 8Km de distância. O título do evento era Festpacoti, conforme lembrou ela. Na programação do Guaracine, após a abertura realizada ontem, com exibição do filme "O Quinze", de Jurandir de Oliveira, no Teatro Rachel de Queiroz, e show na praça com o grupo Jazzera Trio, haverá oficinas de grafite, de cinema de animação e de artesanato com reciclagem durante o dia e mostras de cinema durante a noite.
Conforme a coordenadora, o público poderá apreciar 12 produções, todas enfocando a questão ambiental.
As sessões, com entrada franca, começam às 15 horas com mostras especiais de cinema de animação. À noite, a partir das 19h30, será a vez dos curtas-metragens. Depois das sessões, acontecem shows na praça do teatro. No sábado, depois das reprises das mostras nacional e internacional de animação, haverá a cerimônia de encerramento, com entrega de prêmios de menção cinematográfica.
Haverá ainda a apresentação dos resultados das oficinas e, logo depois, a exibição especial do longa-metragem "Homens com cheiro de flor", produzido pelo cineasta Joe Pimentel, com parte de sua produção em Quixadá, no Sertão Central.
"A nossa expectativa é de sucesso e também tornar o Guaracine mais um evento sólido dentro do calendário de eventos do Maciço, como ocorre com o Festival Jazz e Blues, tradicional e com destaque internacional", explicou Geisa.


Fortalecimento

Conforme o técnico do Sebrae no Maciço de Baturité, Glerde Müller, o órgão de assistência aos pequenos e micro empresários trabalha o fortalecimento do festivais e feiras na região. Este ano, o trabalho realizado pela analista do Sebrae, Fabiana Gisele, e sua equipe, será focado na criação de um calendário oficial de eventos.
No caso do Festival Jazz & Blues, realizado desde 1999, conforme levantamentos feitos pela empresa promotora, a Via Produções, atrai público médio de 30 mil pessoas com movimento econômico da ordem de R$ 1 milhão, acrescentou Müller.

Mais informações

I Festival de Cinema de Guaramiranga (Guaracine)
Teatro Rachel de Queiroz
Centro do Município
Telefone: (85) 8888.2377

ALEX PIMENTEL EM 10.01.2013
DN

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

GUARAMIRANGA – FORRÓ DA POSSE

Guaramiranga 01_01_2013
Na entrada de 2013 tem alegria em Guaramiranga, para quem gosta de conciliar o forró atual com o forró das antigas e curtir xote e baião, esta é a pedida, vai ser depois das 20:00 horas em frente ao Teatro, é isso minha gente e a animação é por conta de:
Forró Decente - Acompanhe no Facebook e baixe a música


Guilherme Dantas - Acompanhe no Facebook e baixe a música

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

LADEIRA DA PENDANGA - OBRAS SOBEM A SERRA

PENDANGA GUARAMIRANGA
As obras da CE 253, mais conhecida como “Ladeira da Pendanga”, seguem em ritmo acelerado e as construtoras prometem entregar a obra concluída em fevereiro de 2013, no local espera-se uma visita relâmpago do Governador Cid Gomes, grande responsável pela realidade da obra.
Hoje, o trecho de Campos Belos ao Pé da Serra já encontra-se todo asfaltado faltando apenas a última camada do asfalto sendo que a Usina de Asfalto opera a todo vapor.
Já na Ladeira, propriamente dita, os trabalhos seguem com a cortagem das barreiras e a terraplanagem, já vindo essas obras próximo ao Sitio Lagoa, tudo muito rápido, somente as construções das pontes e bueiros é que continuam em ritmo lento, porém progressivo.

Veja um link de fotos no facebook: http://www.facebook.com/guaramirangahistoriap

Assuntos Relacionados:
LADEIRA DA PENDANGA COM OBRAS BEM ADIANTADAS
INICIADO TRABALHOS DA LADEIRA DA PENDANGA
CID GOMES ASSINA CONTRATO E ANUNCIA PENDANGA PARA 2012
PENDANGA HOMOLOGADA
LADEIRA DA PENDANGA - GETEL OFERECEU A MELHOR PROPOSTA
LADEIRA DA PENDANGA, AGORA SAI!
PENDANGA - SAIU NA COLUNA DO EGÍDIO SERPA - DN